Vereador condenado por estupro de vulnerável deverá ser vice-presidente do Cidadania em Cajazeiras-PB

50

De volta ao grupo político liderado pelos ex-prefeitos Dr. Carlos Antônio, sua esposa Dra. Denise Albuquerque e o deputado estadual licenciado Junior Araújo (Avante), Marcos Barros já está sendo tratado com afagos novamente e, poderá figurar nos próximos dias como vice-presidente do Cidadania, partido do governador João Azevedo.

Mesmo sem poder concorrer à reeleição de vereador por implicação de sua condenação na justiça, Barros vai tentar colocar o nome do seu filho, para quem sabe lograr êxito e ocupar seu espólio político na Câmara Municipal de Cajazeiras.

Com indicação de mais de (duzentos) empregos no estado, (segundo informam pessoas próximas) Marcos deixa o (PSB), partido do ex-governador Ricardo Coutinho, para retornar ao grupo político de Carlos Antônio, com a promessa de ser o vice-presidente do Cidadania, ao lado de Denise Albuquerque, que deverá presidir a legenda na Terra do Padre Rolim.

Marcos Barros tem forte ligação com o atual prefeito José Aldemir (PP), que é adversário ferrenho do governador João Azevedo, mas continua indicando secretários, servidores comissionados e contratados, na gestão do “jeito certo”, fato que o deputado licenciado Junior Araújo ignora e tenta a todo custo reintegrá-lo ao seu grupo político, contrariando aliados.

Fonte: Folha VIP de Cajazeiras

Facebook Comments