No Acre, homem é alvejado no peito, mas bala atinge medalha do Espírito Santo

150

Um verdadeiro milagre foi vivido por Remilson Queiroz Júnior, de 32 anos, ferido a tiros no início da noite desta segunda-feira (10) na capital e salvo de um tiro fatal no peito por um pingente de prata com símbolo do Espírito Santo. O crime aconteceu na rua Santa Helena, no bairro Santa Helena, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Por volta das 18h00 a providência divina resolveu agraciar e dar mais uma chance a Remilson Queiroz que foi atingido com quatro tiros enquanto caminhava em via pública na rua Santa Helena. O homem teria sido mais uma vítima fatal da guerra desenfreada entre as organizações criminosas, se não fosse por um detalhe, a medalha que ele carregava no peito.

Segundo informações da Polícia, dois homens não identificados, em uma motocicleta, tentaram contra vida de Júnior.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Policiais Militares estiveram no local, colheram as características da dupla na motocicleta e em seguida fizeram patrulhamento na região em busca de prender os faccionários, mas ninguém foi encontrado.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: AC 24horas

Facebook Comments