Flagra: veja a primeira foto da nova Fiat Strada 2021

80

A Fiat não queria, mas vazou a primeira imagem da nova Fiat Strada 2021. A picape ganhou a mais profunda reformulação desde que foi lançada em 1998, inclusive mudando de plataforma pela primeira vez. Agora sua plataforma é derivada do Argo, com a seção traseira ao estilo antigo, com suspensão de feixe de mola. O flagra foi publicado pelo @gessnermotors.

A foto foi tirada durante o que parece ser a produção de uma filmagem ou comercial e confirma o que o teaser já tinha antecipado: a nova Fiat Strada 2021 será uma ‘mini Toro’. O modelo adotou o visual da irmã maior, inclusive com uma linha de cintura mais alta na carroceria.

Na imagem, o que parece ser uma versão de topo, traz faróis com LEDs diurnos, rodas de liga leve, retrovisores com repetidor de seta e rack de teto. Os faróis têm o formato dos LEDs diurnos da Toro. Pelo que é possível ver das lanternas traseiras, ela terá um recorte semelhante ao da Toro, com um prolongamento invadindo as laterais.

Na dianteira, a grade traz o ‘Fiat’ em letras garrafais, é o primeiro carro a adotar essa configuração para o logo da marca. A unidade das imagens parece ser uma versão mais comportada da Adventure. Inclusive traz as mesmas caixas de roda com formato bem quadrado e moldura de plástico preto bem definido.

Além da versão de cabine simples, que na verdade terá um prolongamento de carroceria para levar pequenas cargas dentro da cabine (uma espécie de cabine estendida), haverá também a cabine dupla. A novidade para a cabine dupla é a adoção da quarta porta, diferentemente da atual, que tinha apenas três.

Nova Fiat Strada 2021: motores e câmbios

Como já antecipado pelo Jornal do Carro, o modelo vai ter muitas novidades na parte mecânica. A principal dela é a adoção do motor 1.3 Firefly de até 109 cv e 14,2 mkgf nas versões de topo. Para as mais básicas, a nova Strada 2021 vai manter o conhecido 1.4 Evo de até 85 cv.

Para 2021, a Fiat vai associar o motor 1.3 a uma opção de transmissão automática do tipo CVT. Ela vai ocupar o espaço que era do câmbio automatizado GSR, o antigo Dualogic). Esse câmbio terá a missão de ajudar a Fiat a melhorar seus dados de consumo e emissões, como empresa.

Facebook Comments