Especialista destaca que brasileiros podem sonhar com o país mais fortalecido

Área pode se tornar uma ajuda nacional para superar o atual cenário imposto pelo novo coronavírus.

155

Por Homero Ferreira

Quando passar esse momento de quarentena do coronavírus e seus reflexos na economia, o que parece uma catástrofe para a maioria das pessoas é visto por especialista em educação financeira como chance do Brasil ser mais fortalecido. O doutor em educação financeira Reinaldo Domingos aponta dois motivos como indícios para que isso ocorra: o desenvolvimento de diferentes formas de trabalhar o mesmo produto ou serviço e o surgimento de muitas oportunidades.

A educação em geral e notadamente o ensino superior de qualidade contribuirá em muito com a retomada do desenvolvimento econômico, com notoriedade para profissionais da área econômica. A Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), com a oferta de vários cursos para atender esse mercado, já está contribuindo com o país, ofertando educação a distância, com pólos de apoio presencial em vários estados. A área de educação financeira é vista pela instituição como meio de ajuda nacional.

Nesse segmento mantém parceria com a DSOP Educação Financeira, cuja sigla é do método eficaz desenvolvido por Domingos e que faz referência a diagnosticar, sonhar, orçar e poupar. “A formação do profissional nessa área contempla o brasileiro de maneira em geral, pelo efeito multiplicador de educar as pessoas à mudança de hábitos para, inclusive, viver com menos do que os seus rendimentos permitem” e  isso é possível, de acordo com o especialista.

A situação dos brasileiros, em relação à educação financeira, é vista por Domingos em dimensão igual a de outros países, considerando que o analfabetismo financeiro impera no mundo. “Nesse momento difícil, a falta de educação para lidar com a economia é muito sentida pelas pessoas e empresas sem sustentabilidade para viver 15 dias sem entrada de recursos. Condições que reforçam a necessidade de buscar formação de qualidade e, com isso, abrir uma visão de 360 graus para as oportunidades”, informa Domingos.

Ainda que o momento atual não tenha precedentes na história do Brasil e do mundo, ele acredita que o que vem pela frente será muito bom, desde que haja resiliência, planejamento familiar e a confiança em poder sair mais forte de tudo isso. Também enxerga esse espaço de tempo como o melhor para buscar novos conhecimentos, em todas as áreas e, especialmente, a financeira para melhorar a própria vida.

Facebook Comments