VERBA INDENIZATÓRIA: Em meio a pandemia deputado de Rondônia pede Camarão por delivery

70

Mensalmente o deputado por Rondônia, Coronel Chrisóstomo de Moura (PSL) recebe de forma líquida em sua conta R$ 24.800,00. Além desse subsídio, também se utiliza de cerca R$ 34 mil de verba indenizatória, referente a transporte, combustível, custas dos escritórios parlamentares, passagens, diárias em hotéis e alimentação.

O deputado que se elegeu no mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro, no último dia 07 de maio, fez um pedido inusitado por delivery, em um famoso e caro restaurante de Brasília. Chrisóstomo pediu o Camarão Pacífico Duplo, que saiu por R$ 76,39, incluindo todas as taxas.

A janta do deputado destoa muito da atual situação de pandemia, onde milhares de pessoas não tem comida em suas geladeiras, ainda mais, quando o Coronel chegou a cadeira de deputado defendendo uma bandeira de mudança no congresso.

LÍDER

Desde 30 de março, quando a Câmara encerrou suas atividades presenciais no plenário da Câmara, o deputado Coronel Chrisóstomo foi quem mais pediu reembolso por alimentação.

Nesse período, por 21 refeições, o parlamentar bolsonarista recebeu R$ 1.192,38. Os valores variaram de R$ 23,79 a R$ 148,80 em uma cantina italiana tradicional da Asa Sul de Brasília.

Ganhando R$ 25 mil por mês, o deputado precisaria mesmo, pedir para o povo pagar a sua janta? Nesse espectro, o deputado ainda coloca em suas despesas com alimentação lanches numa loja do Subway em Brasília, que variam na faixa dos R$ 24,00.

Chrisóstomo, este ano já gastou R$ 3.631,20 com alimentação. No ano passado, entre fevereiro e maio, início de mandato o deputado gastou apenas R$ 1.873,73.

Outra comparação, provavelmente ainda não feita pelo deputado que prometeu uma nova cara para política, é que milhares de cidadãos, inclusive de Rondônia, ainda aguardam o auxilio emergencial de R$ 600,00 para poderem alimentarem suas famílias. Enquanto, o deputado que tem uma renda elevada, ainda requer que o povo pague por seu camarão.

Confira a nota fiscal do camarão do deputado, que será pago com dinheiro do contribuinte: 

Fonte: Vilhena Notícias

Facebook Comments