Homem perde três filhos e a esposa em desabamento em Belo Horizonte

90

Sentado na quadra 12 do cemitério da Paz, Anselmo Pereira, de 55 anos, ficou de cabeça baixa enquanto as covas da companheira e dos três filhos de 10, 9 e 6 anos eram abertas, no fim da manhã desta terça-feira (28). De uma só vez, ele perdeu a família durante um soterramento no bairro Jardim Alvorada, na região Noroeste de Belo Horizonte. A tragédia aconteceu durante a chuva da última sexta-feira (24).

Os corpos foram velados no cemitério do Bonfim, na mesma região, desde as primeiras horas do dia. “Estou com a cabeça atrapalhada. Não sei mais o que dizer. Já tomei muita pancada da vida. Mas esta pancada está doendo demais”, se limitou a dizer.

Ele, a mulher, Maria Estela, e os pequenos Alisson, Alan e Adam já tinham saído do imóvel, localizado na rua Antônio Fernandes de Melo, devido ao risco de deslizamentos. A área chegou a ser interditada pela Defesa Civil. 

No entanto, a família retornou para que Maria Estela preparasse o jantar dos filhos. Foi quando um barranco deslizou e atingiu o imóvel. Apenas Anselmo conseguiu sair do local com vida.

“Foi um choque para a família toda. Meu irmão foi medicado, parece que a ficha ainda não caiu. Somos de Sete Lagoas (região Central de Minas) e vamos tentar levá-lo para passar um tempo lá”, explicou o caldeireiro José Ricardo Pereira, de 48 anos.

Outros enterros

Também no cemitério da Paz, nesta terça, foram sepultados os corpos de uma mãe e três filhos que foram soterrados na vila Bernadete, região do Barreiro, na capital. Eles estavam em casa quando começou a chuva de sexta-feira.

Fonte:  O Tempo

Facebook Comments